Nome:
Email:

Assine e receba   periodicamente informações e as novidades da Clinica Dr. Luciano Stancka.

Veja as notícias anteriores

Artigos e matérias
Buscar
Data: De Até
 Melatopausa  

Melatopausa

                                                 Image

 

A melatonina é uma molécula produzida em algumas regiões de nosso organismo sendo que o principal sítio de produção é a glândula pineal, sendo também fabricada em menor escala retina, no trato gastrintestinal e provavelmente em alguns outros órgãos de nosso corpo. A glândula pineal, o principal local de produção da melatonina, foi durante muito tempo comparada com o apêndice, a qual só serviria para nos trazer transtornos quando da presença de algum tumor (o apêndice só nos proporcionaria apendicite, defeito até agora não contestado). Porém estudos científicos demonstram à cada dia que a melatonina produzida pela pineal tem importante envolvimento com o bem estar de nosso organismo e a sua diminuição deve contribuir de maneira importante para o envelhecimento nos seres humanos. A produção da melatonina pela pineal ocorre quase exclusivamente à noite e no escuro, o que justifica os altos níveis deste hormônio á noite e muito baixos durante o dia.

 

À medida que envelhecemos a produção da melatonina diminui e como conseqüência os níveis circulantes de melatonina nos velhos são muito mais baixos do que nos jovens, o processo é denominado Melatopausa, sendo pouco conhecido a fisiologia deste processo, dada a dificuldade em dosar os níveis noturnos da melatonina.

 

O envolvimento da queda dos níveis de melatonina com o envelhecimento se dá de várias formas, sendo que a ligação deste hormônio com o relógio biológico faz com que a diminuição dos seus níveis deteriore o sono noturno, sendo isso por si só um fator de envelhecimento. Os conhecidos efeitos estimulantes no sistema imunológico justificariam o enfraquecimento imunológico do idoso. Adicionalmente, a melatonina tem efeitos anti-câncerígenos muito interessantes, especialmente nos cânceres mamário e hepático. Não bastasse o já citado, é sabido ainda que a melatonina é poderoso antioxidante.

 

 É por conta de tudo isso já exposto, que à cada dia aumentam as expectativas da reposição deste hormônio, com ótimas perspectivas no tratamento de moléstias como Alzheimer, Parkinson, e outras condições neuro degenerativas, dada a vantagem de atravessar a chamada barreira entre o sangue e o cérebro (barreira hemato-liquórica). É claro que necessitamos de mais estudos para adequarmos protocolos.

 

Ainda que também neste caso a reposição seja contra fisiológica, que fique o exemplo que a catarata incide no fisiologismo do envelhecimento e nem por isso aceitamos a cegueira.

Dr.Gustavo Coutinho de Andrade

 
 
Outros Artigos
Leite e Alergia Alimentar
O que é Alergia Alimentar?A Alergia Alimentar (AA) faz parte de um grupo de doenças semelhantes, que são denominadas de reações adversas aos alimentos. Estas compreendem todas as reações anormais associadas à ingestão de um aliment... Ler mais[+]
Entenda a bulimia nervosa
Entenda a bulimia nervosa Por Dr. Joel Rennó Jr. Bulimia é o transtorno alimentar caracterizado por hiperfagia (comer excessivamente) ou de forma compulsiva em curto intervalo de tempo. A pessoa sente-se culpada e depois utli\za de comportamentos compensatórios, como uso de ... Ler mais[+]
Bronzeamento Artificial
Bronzeamento Artificial O Bronzeamento Artificial com raios UVA e UVB (raios ultravioleta A e B) só é indicado para determinados tipos de doenças de pele e a critério de um médico dermatologista, como em alguns casos de psoríase e vitiligo. Esse tipo de ... Ler mais[+]
Andropausa
Andropausa                                             Ap... Ler mais[+]
Uso diário de aspirina é arriscado para pessoas saudáveis
Uso diário de aspirina é arriscado para pessoas saudáveis, diz estudo Dar aspirina a todos para evitar ataques cardíacos e derrames "causaria danos, devido ao aumento do potencial de sangramentos" Uma das mais amplas análises já feitas... Ler mais[+]
Antioxidantes e quimioterapia.
  A inflamação é uma resposta natural e necessária do nosso corpo, substâncias inflamatórias são produzidas durante este processo, o que pode ser nocivo para os nossos tecidos, porém os antioxidantes como vitaminas C e E, ajudam a suprim... Ler mais[+]
[+] Ver todos os artigos[+]
 
Clínica Dr. Luciano Stancka
stancka@uol.com.br / clinicals@uol.com.br 
Av. Angélica, 916 - conj. 501/503 - Higienópolis
Cep: 01228-000 -São Paulo Tels.: (11) 3667-2491 / 3667-3750